Série da Netflix alerta sobre os riscos da exposição virtual

Série da Netflix alerta sobre os riscos da exposição virtual

“You” conta a história de um stalker e mostra como pode ser perigosa, para qualquer pessoa, a falta de cuidados com a privacidade nas redes sociais

Um dos grandes sucessos da atualidade na Netflix, a série “You” (“Você” em português) se baseia em situações muito reais e cotidianas de qualquer pessoa que está presente nas redes sociais. A produção aborda os riscos que a exposição virtual pode acarretar a qualquer pessoa. E, apesar de ser uma obra de ficção, serve como um alerta sobre a importância do cuidado que cada usuário das redes sociais deve ter com sua própria privacidade.

Sobre a série

A trama gira em torno do personagem vivido pelo ator norte-americano Penn Badgley. Na série, ele faz o papel de Joe Goldberg, um solitário gerente de uma livraria que fica obcecado por Guinevere Beck, personagem da também norte-americana Elizabeth Lail. 

Guinevere é uma jovem aspirante a escritora e cliente da loja onde Joe trabalha. Ao pagar uma compra no estabelecimento, ela revela seu nome por meio do cartão de crédito. A partir deste momento, o gerente da livraria, que fica obcecado pela moça, passa a seguir todos os seus rastros nas redes sociais.

Traços de realidade

A série da Netflix conta com toda a carga dramática gerada pela personalidade de Joe Goldberg, um stalker – termo em inglês utilizado para definir pessoas que são obcecadas por perseguir outras – na mais pura acepção da palavra. Mas, tem no comportamento da vítima do protagonista nas redes – como o fato de manter seus perfis públicos, por exemplo – a aproximação com os riscos a que todos estamos sujeitos devido à exposição virtual. 

Goldberg, apesar de não ser um expert em informática, consegue levantar inúmeras informações a respeito de Guinevere, a ponto de transportar para o mundo físico sua obsessão por persegui-la – mais do que isso é spoiler e não contaremos por aqui.

Série da Netflix é sucesso de audiência

A série estreou nos Estados Unidos em setembro de 2018 e tem duas temporadas, cada uma com dez episódios de aproximadamente 50 minutos cada. Em janeiro de 2020, pouco menos de um mês após a estreia da segunda temporada, a Netflix já anunciou que a produção ganhará uma terceira, tamanho o sucesso de audiência da obra. 

Cuidados com a privacidade

De acordo com Thiago Porto, pesquisador da PROTESTE, o usuário tem que prestar atenção no tipo de conteúdo que compartilha em suas rede sociais. Especialmente se tiver perfis públicos, que podem ser vistos por qualquer pessoa. 

“Um exemplo: fazer um check-in no cinema e mostrar isso publicamente na rede social, além de informar o lugar onde a pessoa está, deixa claro que ela não está em casa. Esse tipo informação pode ser bastante valiosa para stalkers. E é aí que pode morar o problema. Por isso, é recomendável que o usuário não reporte todos os lugares que frequenta. Especialmente quando eles caracterizam uma rotina. Como postar stories no Instagram todos os dias de manhã na academia. Além disso, o ideal é sempre deixar o perfil fechado para pessoas que não sejam amigas. Essa opção pode ser encontrada no menu na própria rede social, na parte de segurança ou privacidade da conta”, orienta Thiago.

Ainda não conhece a PROTESTE? Clique aqui e entenda como ajudamos o consumidor a defender seus direitos.