Xiaomi Mi 9 SE: semelhança só no nome com o Mi 9

Xiaomi Mi 9 SE: semelhança só no nome com o Mi 9

Lançado no fim de julho no país, o Xiaomi Mi 9 SE, apesar de carregar o nome do telefone top de linha da chinesa, é considerado um aparelho intermediário

O Xiaomi Mi 9 SE foi lançado no fim de julho no Brasil sem muito alarde e as principais varejistas online do país já fornecem o modelo. Ele é o irmão mais simples do Xiaomi Mi 9. Aliás, bem mais simples. Apesar da pouca diferença nos nomes, a distância entre eles é enorme, avalia o pesquisador da PROTESTE, Thiago Leite Porto. “O SE não deveria ter o nome Mi 9 no início, por ser bastante diferente do modelo top”, afirma.

Ele cita como exemplo os modelos iPhone XR e o Galaxy S10e. Embora eles sejam os modelos mais básicos da linha principal desses fabricantes, a diferença entre eles e os IPhone XS Max e o Galaxy S10+, respectivamente, é pouca. Por exemplo, todos eles possuem o mesmo chipset.  “No caso da fabricante chinesa, assim como o Huawei P30 Lite, a proximidade é só no nome. Na verdade, são modelos intermediários e bem abaixo dos modelos top de linha Mi 9 e Huawei P30 Pro“, afirma.

Veja as principais diferenças destacadas pelo pesquisador:

Modelo SE tem manuseio mais fácil

Os aparelhos são bastante parecidos no desgin, porém o modelo SE é um pouco menor e, se comprado com seu irmão maior, ele é muito mais fácil de se manusear em mãos pequenas. Ambos possuem traseira de vidro porém somente o Mi 9 possui o efeito de brilho. Os dois possuem o notch no meio da tela em forma de gota onde se encontra a câmera.

Desbloqueio e segurança sem mudanças

Ambos possuem desbloqueio por digital na tela e possuem o desbloqueio facial que, não é seguro como os presentes no iPhone, por isso a melhor opção ainda é usar o desbloqueio por digital. Nesse quesito, os dois modelos são iguais.

+Leia também: Celulares da Xiaomi são homologados pela Anatel

Processador inferior no SE

Tecnicamente, a parte interna do modelo Mi 9 SE é inferior ao do Mi 9. O primeiro utiliza um processador Snapdragon 712 com 10nm, um chipset de telefones intermediáros. Já o modelo top utiliza o Snapdragon 855 com 7 nm que é o atual processador mais potente do mercado.

A GPU também é diferente. O modelo mais básico possui um Adreno 616 e o mais top possui um Adreno 640. Ambos possuem 6GB de memória interna. Na parte interna, o modelo top é bastante superior ao modelo mais básico, porém usuários comuns não perceberão tão facilmente assim a diferença entre eles. Ou seja, somente usuários que abram muitos aplicativos, joguem jogos ou editem fotos e vídeos com muita frequência perceberão a diferença.

Câmera reforça distância entre os aparelhos

Todos os dois modelos possuem 3 câmeras traseiras. O modelo superior possui uma câmera wide de 48MP f/1.8, uma câmera telefoto de 12MP de f/2.2 e uma ultrawide de 16MP e f/2.2. Todas com focagem a laser. Já o modelo mais básico possui uma wide de 48MP f/1.8, uma telefoto de 8MP com f/2.4 e uma ultrawide de 13MP com f/2.4.

Câmera Xiomi

Ambos possuem a opção de zoom devido à lente telefoto e também a funcionalidade de câmera grande angular. No entanto, o modelo menor não consegue chegar ao nível de qualidade do top de linha da Xiaomi. Pelas suas especificações, consegue fazer frente apenas a modelos intermediários como o Huawei P30 lite e Galaxy A9. Já a câmera frontal é igual em ambos os aparelhos, uma f/2.0 com 20 MP.

Carregamento é outro ponto de diferença

O Mi 9 SE possui bateria de 3070 mAh e carregamento rápido com 18W, enquanto o Mi 9 possui 3300 mAh com carregamento rápido até 27W. Nesse ponto, tanto a bateria quanto a velocidade de carregamento serão diferentes entre os smartphones, pois a bateria do Mi 9 carregará mais rápido. Já o tamanho da bateria ser maior compensa com gasto com a tela, que também é maior.

Ótimas configurações de resolução de tela

O modelo menor possui uma tela de 5,97 polegadas enquanto o modelo maior possui uma de 6,39 polegadas. Ambas rodam em full HD, sendo o modelo superior com 432 ppi e o inferior com 403 ppi – ótimas configurações.

Preços

O Xiaomi Mi 9 está sendo vendido por R$4.799,99 no site oficial e o modelo SE custará no Brasil R$3.299, porém estes mesmos modelos estão sendo vendidos mais barato nas principais lojas online do mercado.

Sabe aqueles momentos que você tem um problema mas não consegue resolver sozinho porque a empresa reclamada não está nem aí? São nesses momentos que a PROTESTE pode intervir e resolver para você! Conte com uma equipe em Defesa dos Consumidores e pare de se estressar!