Siga essas dicas para tornar sua empresa digital

Siga essas dicas para tornar sua empresa digital

Três dicas de especialistas para que as mudanças tragam os resultados esperados para sua empresa

Não é de hoje que a tecnologia deixou de ser apenas uma aliada. Ela se tornou um pilar importante para muitas empresas. Especialmente no recente fenômeno das startups, que já nascem dentro desse cenário. Por isso, especialmente as companhias mais antigas, de diferentes segmentos de mercado, têm buscado cada vez mais a chamada transformação digital. Como uma forma de otimizar suas operações, estimular a inovação e gerar um valor maior para os seus negócios.

Investimentos em transformação digital

Os gastos globais com transformação digital nas empresas devem alcançar um crescimento de 16,7% nos próximos anos. Estima-se que esses gastos passem de US$ 1,25 trilhão em 2019 para US$ 1,97 trilhão de dólares em 2022. O levantamento, segundo o site Computerworld Brasil, é da IDC, empresa líder em inteligência de mercado e consultoria nas indústrias de tecnologia da informação, telecomunicações e mercados de consumo em massa de tecnologia.

Dentro do tema transformação digital, a Computerworld Brasil conversou com os executivos Jaime Szulc e Marcio Chaer, da consultoria especializada Pivot Factory. E eles destacaram três pontos que as empresas devem ter em mente antes de iniciar esse processo. Para que consigam alcançar os resultados esperados.

Como iniciar

1. Alinhamento: segundo declarações dos especialistas à Computerworld Brasil, é essencial que exista um entendimento, uma compreensão comum dentro da empresa sobre qual a definição de inovação para aquela companhia.

2. Jaime Szulc e Marcio Chaer também ressaltam a importância de lembrar que a disrupção costuma acontecer lateralmente. Ou seja: vem de fora da categoria ou da indústria em que a companhia atua.

3. E, finalmente, os executivos apontam para o fato de que também é preciso que seja feita uma transformação do modelo de negócios da organização.

Ainda não conhece a PROTESTE? Clique aqui e entenda como ajudamos o consumidor a defender seus direitos.