TikTok: conheça a rede social que mais cresceu na quarentena

TikTok: conheça a rede social que mais cresceu na quarentena

Um dos aplicativos mais baixados durante a quarentena em todo o mundo, inclusive no Brasil, foi o TikTok; saiba como funciona!

Não é novidade para ninguém que a pandemia trouxe novos comportamentos on-line, com aumento do uso de redes sociais e aplicativos como o Zoom, que permitem reuniões virtuais. Afinal, com a necessidade de isolamento pessoal, as pessoas começaram a buscar outras ferramentas, não apenas para viabilizar os compromissos profissionais, mas também para interagir com a família e amigos. E um dos apps que mais cresceu, nesse período, foi o TikTok.

Direcionado, especialmente, ao público jovem (acima de 13 anos), a nova rede social é baseada na produção e compartilhamento de vídeos. “A rede é bastante diferente das outras, principalmente pelos vídeos, que demandam que o usuário tenha um conhecimento mínimo de edição de vídeo para publicar”, comentou Thiago Porto, especialista da PROTESTE.

O aplicativo, de acordo com estimativas do relatório Store Inteligence, da Sensor Tower, foi baixado mais de 2 bilhões de vezes em todo o mundo na App Store e no Google Play. No Brasil, ele está em segundo lugar, atrás apenas do Zoom.

usar tik tok
Entenda como o TikTok funciona

O aplicativo é uma rede social, que permite o compartilhamento de vídeos (que podem ser entre amigos ou públicos). O menu “Descobrir” apresenta quais são as hashtags mais populares do momento, o que facilita que vídeos de pessoas famosas (ou não) sejam encontrados. 

Isso significa que pessoas que querem que seus vídeos recebam mais visitas, deve usar tais hashtags. Além disso, a tela inicial do TikTok não mostra somente os vídeos de pessoas que o usuário segue ou que tenham sido indicadas pelos algoritmos, com base nas interações de seus amigos, mas sim vídeos que podem ser interessantes para você, quer o autor deles seja famoso ou não.

Ao ver os outros TikToks, o usuário pode copiar os efeitos dos vídeos usados e também o áudio. A edição do aplicativo é bastante simplista e fácil de usar”, destacou Thiago. “Ao clicar no +, na parte de baixo da tela, o usuário é jogado para outra tela (de gravação), na qual poderá escolher a câmera que vai ser usada, a velocidade do vídeo, filtros, maquiagem, temporizador, uso de flash e efeitos”, disse o especialista. “Depois de gravar, o usuário pode editar o vídeo, realizando cortes, colocando filtros, efeitos de voz, sons diferentes, texto e stickers”, completou.

Outra característica diferente do TikTok é a forma de compartilhamento do conteúdo. Para enviar um vídeo aos seus amigos, por exemplo, é só clicar no ícone do WhatsApp, localizado do lado direito do vídeo. É possível usar, inclusive, outras redes sociais como o Facebook(feed e Messenger), Instagram (feed e Stories), Snapchat e e-mail.

Cuidados ao usar o TikTok

Apesar do crescimento desta rede entre o público jovem, especialmente adolescentes e pré-adolescentes, muitos influencers começaram a utilizar esse app, especialmente pela facilidade de interagir com esses usuários – que, embora ainda não tenham renda (pelo menos a grande maioria), também motivam várias decisões de consumo das famílias.

adolescente tik tok
A idade mínima para ter um perfil na rede é 13 anos. Por isso, a rede oferece um modo de segurança familiar – ainda não disponível no Brasil, mas que deve chegar por aqui nas próximas semanas. Enquanto isso, cabe aos pais acompanhar o uso e interações dos filhos

Além disso, os usuários (ou os seus responsáveis) também podem acessar as configurações do app para manter a conta privada, impedindo que o TikTok a indique para outras pessoas na rede e permitindo o controle de quem comenta os vídeos, reage, faz duetos ou mesmo baixa o conteúdo. 

Importante destacar que vídeos com discurso de ódio, nudez, palavras de baixo calão e cyberbullying são proibidos, e os usuários que perceberem tais comportamentos inadequados podem denunciar as postagens. 

Além de todas as funcionalidades do aplicativo, também existe a possibilidade de utilizar crédito virtual (adquirido com dinheiro real) para trocar por emojis e diamantes, com os quais é possível presentear outros usuários da rede. Cada presente enviado pode ser trocado por dinheiro de verdade, mas só é possível resgatar 50% dos que foram enviados durante lives. O restante vai para o próprio TikTok, para a Play Store ou App Store.

Sua internet está muito lenta? TESTE SUA VELOCIDADE arrow_right_alt