6 maneiras de recuperar o sinal da internet

6 maneiras de recuperar o sinal da internet

Em alguns casos, o consumidor consegue resolver os problemas de conexão, evitando desgaste com a operadora

A internet é fundamental para qualquer pessoa hoje em dia, seja para trabalhar, estudar e também se divertir. Todo mundo utiliza a conexão em computadores e celulares, diariamente, e ficar sem ela pode bater aquele desespero e vontade de entrar em contato com o SAC para resolver o problema. Mas, é possível recuperar o sinal da internet sem recorrer ao serviço de atendimento ao cliente.

Com mais pessoas em casa por causa da pandemia e com a família usando a internet por mais tempo e para mais atividades, é normal que o sinal possa oscilar ou mesmo ficar indisponível por alguns momentos do dia. Não à toa, os problemas de acesso estão entre as principais queixas dos consumidores.

banner-reclame

Porém, você não precisa esperar horas e horas para que o sinal de internet da sua casa seja restabelecido. Vamos falar como recuperar a conexão em casa por meio de 6 medidas simples e explicar o que fazer caso nenhuma dessas opções solucione o problema e seja preciso falar com a operadora do serviço. Por fim, se nem o contato com a empresa resolver, veja o que fazer com ajuda de especialistas em defesa do consumidor.

O que é o sinal de internet?

A internet foi criada nos Estados Unidos, em 1969, e era chamada de Arpanet. O objetivo era conectar laboratórios de pesquisa norte-americanos. Já o sinal de internet sem fio foi testado pela primeira vez em 1971, pelas empresas NCR e AT&T, no Havaí. Mas, a padronização do recurso aconteceu apenas em 1997.

Ao contrário do que se imagina, wi-fi não significa uma sigla, mas sim um termo comercial criado para facilitar a identificação do sinal de internet. Ao mesmo tempo que faz referência ao termo “wireless” (sem fio, em tradução para o português).

Dica: Como proteger meu Wi-Fi: 5 dicas para evitar invasores

Wi-fi

O Wi-Fi é a conexão de internet sem fio. Isso significa que por meio de um aparelho como um modem você consegue conectar smartphones, computadores, notebooks e outros dispositivos à internet, sem a necessidade de cabos. Basta configurar o modem e estabelecer uma senha de acesso, o que normalmente é feito pelas prestadoras de serviço.

A principal vantagem da conexão sem fio, que o Wi-Fi proporciona, é poder estar em qualquer lugar e utilizar o sinal de internet com praticidade, sem utilizar fios. Isso facilita a utilização de aparelhos que estão longe do modem.

Ao mesmo tempo, é possível conectar mais de um celular ou computador à internet. Uma pessoa pode acessar um serviço de streaming do próprio celular, enquanto outra está em uma videoconferência pelo notebook. Isso traz mais comodidade e praticidade para o dia a dia.

As desvantagens do Wi-Fi é que o sinal pode oscilar de acordo com barreiras físicas ou da localização do modem. Além disso, a velocidade de conexão e também a segurança pode ser menor em comparação com a internet por meio do cabo de rede.

Cabo de rede

O cabo de rede conecta a internet do modem para o notebook ou computador. Ou seja, a conexão acontece por meio do fio, e não pelo sinal wi-fi. Por isso, uma das desvantagens é que o dispositivo deve estar conectado ao cabo. Se o ponto de internet está na sala de estar, fica complicado utilizar o serviço no quarto.

Porém, o cabo de rede oferece um sinal de internet e velocidade maiores, pois não existe interferência de barreiras externas. O cabo funciona muito bem para fazer downloads e uploads de arquivos pesados ou para streamings.

reclame

Além disso, a segurança no tráfego de dados é maior se o computador estiver conectado ao cabo de rede, porque o acesso só acontece de forma física. Isso ajuda a impedir o acesso de terceiros à sua internet. 

Opções para recuperar a internet

Antes de ligar para o SAC, tente algumas práticas para restabelecer o sinal de internet. Afinal, pode ser mais rápido e menos estressante resolver o problema por conta própria.

Além disso, muitas empresas, ao receber relatos sobre problemas com internet, dão as mesmas instruções que vamos listar aqui. Por isso, antecipe-se e, caso enfrente qualquer instabilidade com a sua internet, siga o checklist abaixo para resolver essa questão.

Reiniciar o modem

Já reparou que essa é sempre a primeira coisa que o atendente do SAC pede pra você fazer em caso de queda do sinal de internet? Pois, esse não é um procedimento padrão feito para enrolar o usuário. 

Trata-se de um dos métodos mais eficazes para a recuperação do sinal. Portanto, se a internet cair, desligue o modem e ligue novamente após alguns minutos. 

Troque o wi-fi pelo cabo LAN

A conexão sem fio, até agora, não é mais rápida e estável que o sinal fornecido por um cabo LAN. Por isso, para saber se a internet fora do ar é um problema do sinal de wi-fi, conecte um cabo LAN saindo diretamente do modem para o seu computador. 

Se a conexão voltar a funcionar, significa que o problema está no wi-fi. E, provavelmente, você só vai conseguir resolver investindo em um novo roteador ou pedindo a troca pela operadora, caso o roteador seja um aparelho cedido.

Checagem dos cabos

Um único cabo de conexão desgastado pode interromper sua conexão ou deixá-la mais lenta. Por isso, verifique a qualidade dos fios

Para isso, procure ter alguns cabos em casa para emergências que precise substituí-lo. Isso vale tanto para o cabo que sai da parede para o roteador, quanto para os cabos que chegam ao PC.

Mude o canal da rede wi-fi

Aqui, já estamos em um campo mais técnico, porém nada complicado. Reconfigure seu roteador pelo endereço padrão, que normalmente é 192.168.1.1.

Busque por configurações, ou settings, em inglês, depois WLAN, ou wireless, e altere o “channel”. Outra opção é tentar usar o software inSSider, ou algum semelhante, para descobrir qual canal tem o melhor desempenho.

Reveja sua senha de proteção

Você já pensou que vizinhos podem estar “roubando” a sua internet? Se o seu sinal é aberto, não precisa de senha para conectar, essa é uma possibilidade bem real.

Muitas pessoas podem estar conectadas à sua rede e fazendo a velocidade diminuir ou cair. Por isso, busque colocar senhas, de preferência, não comuns. Assim, apenas pessoas autorizadas vão poder usar sua rede.

Avalie programas, firewall e vírus

Caso a internet esteja instável em apenas um dispositivo na sua casa e boa em outros, é provável que esteja com algum problema, como um vírus ou qualquer outro malware. Descubra o problema testando a conexão em outros dispositivos. 

Se estiver tudo bem com os outros, tente identificar o que pode estar prejudicando a conexão em apenas um aparelho específico, com o uso de programas internet security.

Dica: Antivírus: aumento de ataques na pandemia reforça importância

É hora de ligar para o SAC

Se você chegou até aqui e a sua internet ainda está ruim, então é preciso pedir ajuda à operadora de internet que o serviço foi contratado. Ela prontamente vai atuar para solucionar o problema. Informe todos os passos que já foram realizados, assim, a empresa saberá quais alternativas de restabelecer o sinal de internet não deram certo.

Antes de ligar para o SAC, contudo, é necessário que o consumidor verifique não só as condições do seu contrato, como também o pagamento das faturas. Após a confirmação, é necessário que o consumidor informe a data e horário que o serviço foi suspenso.

“Segundo determina a Lei do SAC, a operadora é obrigada a fornecer não só o número do protocolo das ligações, como também sua gravação, que deverá ficar disponível por 90 dias, a pedido do consumidor. Esse, por sua vez, poderá realizar a gravação das mesmas, sendo necessário, nesse caso, que seja informado ao atendente sobre o mesmo”, afirma o especialista em Defesa do Consumidor da PROTESTE, Adriano Fonseca. 

“Com o protocolo, o consumidor conseguirá acompanhar o procedimento relacionado à reclamação aberta. Caso não seja resolvido pelo SAC, ele poderá informar o protocolo em demais tentativas, como no pedido de auxílio de nossos especialistas”, complementa.

banner-guia-do-direito-do-consumidor

Como medir o sinal de internet

Se você ou sua família está com dúvida se o sinal de internet está bom, é possível realizar o teste para verificar se a velocidade é a mesma que a contratada com a prestadora do serviço.

Você pode utilizar o Teste de Velocidade da PROTESTE. Com ele, é possível descobrir se a operadora está fornecendo a velocidade de conexão que foi contratada. Basta selecionar a sua operadora de internet, informar qual a velocidade acordada e iniciar o teste. As empresas são obrigadas a disponibilizar, no mínimo, 80% da velocidade média contratada. A porcentagem pode variar um pouco.

Caso o sinal da sua internet esteja muito ruim ou a velocidade esteja abaixo do contratado, você pode reclamar. Uma das maneiras de fazer isso é usar o canal Reclame, da PROTESTE.

Por que o sinal de internet oscila?

A internet, em casa, pode oscilar por diferentes motivos que impactam a qualidade do sinal, especialmente, em residências que utilizam wi-fi. Veja algumas razões que causam oscilações no sinal da internet:

  • Chuvas e ventanias que podem trazer instabilidade para os cabos de internet que levam a conexão da rua para à residência;
  • Cabos antigos que se deterioram e prejudicam a transmissão da internet;
  • Casas em zonas rurais que estão em regiões afastadas e podem ficar com a internet mais fraca por questões climáticas ou mesmo de localização;
  • Barreiras físicas dentro da própria casa, como paredes, eletrodomésticos e outros itens;
  • O modem da internet pode estar localizado em uma parte baixa da casa e, dessa forma, o wi-fi não chega da mesma maneira em todos os cômodos.

Por isso, é importante observar se a qualidade da conexão está ruim devido a um dia de chuva, falta de manutenção de cabos ou o modem está mal localizado.

Como compartilhar internet pelo celular?

Quando o sinal da internet fixa começa a falhar, uma possibilidade para continuar com conexão é rotear a rede do seu smartphone. Conhecer essa dica é importante, principalmente, para situações em que não podemos parar e esperar a conexão voltar. 

Dá para fazer isso de qualquer aparelho móvel, seja ele Android ou iOS, de um jeito fácil e prático. Além disso, muitos celulares já vem com um atalho para rotear internet, por isso verifique se há essa opção em seu aparelho.

Dica: Como escolher o smartphone ideal para você?

No caso do iOS, o passo a passo é o seguinte:

  1. Acesse a opção “Ajustes”;
  2. Vá em “Acesso Pessoal”;
  3. Libere a opção “Permitir Acesso a Outros”;
  4. No computador ou dispositivo que deseja conectar a internet, vá na área de conexão e procure pelo aparelho iOS que está liberando a internet.

Caso o celular seja do sistema Android, o caminho é:

  1. Vá em “Configurações”;
  2. Acesse “Conexões”;
  3. Clique em “Roteador Wi-Fi e ancoragem”;
  4. Habilite a opção “Roteador Wi-Fi”;
  5. No dispositivo que deseja conectar a internet, procure pelo aparelho que está funcionando como roteador.

Utilize essa opção sempre com computadores ou dispositivos próprios. Por isso, não é recomendável rotear a internet do seu smartphone para terceiros, que podem utilizar esse recurso tanto para acessar sites inapropriados quanto para tentar algum ataque virtual

Consumidor tem direito ao reembolso

Além disso, o consumidor tem direito a um reembolso pelos dias que ficou sem internet. Na prática, tem de partir da própria operadora o desconto na fatura referente aos dias em que o serviço não funcionou. 

“Mesmo assim, muitas vezes ocorre de a empresa não promover o desconto referente ao período em que ficou sem o serviço. É importante que o consumidor saiba que tem direito de pedir o ressarcimento dos valores pagos pelo serviço não prestado, o que pode ser feito pelo SAC, através de nosso RECLAME, ou até com o auxílio de nossos especialistas, para associados da PROTESTE”, afirma Adriano.

A PROTESTE testa a velocidade da sua internet 

Você pode avaliar o serviço da sua internet com o Velocímetro da PROTESTE. Só é necessário informar a operadora e o pacote contratado para ter o resultado

Um dos objetivos da maior associação de consumidores da América Latina, PROTESTE, é dar dicas que melhoram a vida dos consumidores e os ajudam, não apenas a tomar melhores decisões de compra, como também a solucionar problemas que podem afetar o dia a dia, por exemplo, as falhas na conexão de internet. Para mais dicas, acesse o nosso site!

Além disso, quem tiver problemas com o sinal de internet e, mesmo após contato com as operadoras do serviço, não conseguir uma solução, pode chamar a PROTESTE por meio do nosso serviço de defesa do consumidor e fazer as reclamações sobre falhas na prestação do serviço. Acione a PROTESTE em situações como: 

  • Baixa qualidade de internet;
  • Suspensão ou interrupção indevida do serviço;
  • Cobranças indevidas. 

Todas as reclamações são atendidas por um time de especialistas, sem burocracia e com agilidade, durante a negociação com as empresas. O índice de solução de problemas sem precisar recorrer às esferas judiciais é de 90%.

Para registrar a sua queixa e iniciar a solução de problemas com fornecedores, acesse o canal Reclame!

Você tem problemas com a sua operadora? A PROTESTE pode te ajudar! RECLAME AGORA arrow_right_alt