Saiba como pôr seu restaurante nos aplicativos de entrega

Saiba como pôr seu restaurante nos aplicativos de entrega

Hoje iFood e Ubereats dominam o mercado. Saiba como inscrever o seu negócio e ampliar o faturamento

Os aplicativos de entrega de lanches e refeições viraram uma febre de uns anos para cá. Há opções bastante populares no mercado, cada uma com diferentes características. Tanto para quem quer comer, quanto para quem tem um negócio próprio, esses aplicativos são muito convenientes. Por isso, separamos alguns desses aplicativos e como você pode fazer para inscrever seu restaurante ou lanchonete neles.

iFood

O iFood é um dos aplicativos de entrega mais populares. Primeiro, para “ser um parceiro” da empresa, é preciso preencher um cadastro pessoal. Em seguida, é preciso informar os dados do estabelecimento. Posteriormente, você define se quer contratar o serviço de entrega próprio do aplicativo ou se vai usar o seu. Por fim, você informa seus dados bancários e aguarda a aprovação da empresa. Uma vez aprovado, basta configurar seu cardápio, promoções, etc e começar a vender.

Ubereats

Banner do Ubereats

Da mesma forma que o iFood, o Ubereats é bastante popular entre os aplicativos de entrega de lanches e refeições. E vem com a grife da maior empresa de transporte particular de passageiros do planeta, a Uber. Assim, para cadastrar o seu restaurante no Ubereats, o processo é semelhante ao Ifood. Primeiro, preenche-se um formulário de interesse. Se as operações do restaurante forem condizentes com o aplicativo, a inscrição é aceita.

Glovo

Outra opção disponível no mercado é o Glovo. Trata-se de um serviço de entregas que engloba não só restaurantes, como também outros estabelecimentos. Por exemplo, farmácias, lojas e até supermercados. Com ele, é possível também levar e buscar qualquer objeto. Para cadastrar seu estabelecimento, é preciso preencher um cadastro e aguardar a empresa entrar em contato.

Rappi

O Rappi é outro serviço de entrega que vai além de restaurantes e lanchonetes. Assim como o Glovo, ele inclui farmácias 24, supermercados e lojas de conveniência. Para vender com a Rappi, a empresa disponibiliza apenas um e-mail de contato para mais informações (sejaparceiro@rappi.com).

Aplicativos próprios

Para fugir das taxas cobradas pelos aplicativos de entrega, alguns restaurantes optam por desenvolver os seus próprios apps. Empresas como o Subway, Cariosushi e Habib’s foram por esse caminho. No entanto, desenvolver um app do zero pode ter um custo grande se comparado com as receitas a mais que podem gerar. Além disso, haverá necessidade de se investir em anúncios, para que as pessoas conheçam o app.

Clique aqui para ler esta matéria: Confira quais são os melhores aplicativos Android e IOS 2018

Mercado concentrado

Hoje, as empresas de entrega de lanches e refeições estão basicamente circunscritas ao Ifood e ao Ubereats. O fundo de investimentos que controla a primeira comprou alguns concorrentes nos últimos anos. Por isso, sumiram marcas como HelloFood, PedidosJá e Restaurante Web. Ainda assim, essas são excelentes opções para quem tem um negócio pois ampliam as possibilidades de vendas.