Chamadas fixo-móvel 0,4% mais baratas desde dezembro

Chamadas fixo-móvel 0,4% mais baratas desde dezembro

Medida vale tanto para ligações locais quanto de longa distância realizadas por assinantes dos planos básicos

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou recentemente a redução de tarifa de cinco operadoras de telefonia fixa. Portanto, as chamadas fixo-móvel da Algar, Oi, Telefônica, Claro, e Sercomtel devem ficar, em média, 0,4% mais baratas. A medida vale para ligações locais e de longa distância, realizadas por assinantes dos planos básicos das concessionárias de telefonia fixa, e já está em vigor.

Clique aqui para ler esta matéria: Ainda vale a pena ter telefone fixo? Quais as alternativas?

Redução de tarifa: menos peso no bolso do consumidor

Acima de tudo, vale destacar que a redução ocorre em um momento em que a inflação acumulada nos últimos 12 meses está em cerca de 4%. O percentual se refere ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Esse indicador mede a inflação para famílias com rendimento entre um e cinco salários-mínimos.

O reajuste no valor das chamadas de telefonia fixa tem por base o Índice de Serviços de Telecomunicações (IST). Além disso, incorpora o fator de produtividade, cujo objetivo é compartilhar com os consumidores os ganhos da concessionária. Como resultado, o reajuste contribui para a redução da inflação e manutenção do poder de compra do brasileiro.

As tabelas abaixo apontam as reduções aprovadas pelo Conselho Diretor.

ConcessionáriaÍndice de Reajuste
Telemar Norte Leste S.A.-0,24%
Oi S.A.-0,24%
Sercomtel Telecomunicações-0,10%
Algar Telecom-1,69%
Telefônica Brasil S.A.0,76%
Claro S.A.-0,90%

 

Além disso, a decisão inclui as ligações de consumidores das concessionárias da telefonia fixa usuários do plano básico quando destinadas ao Serviço Móvel Especializado (conhecido como Trunking).

ConcessionáriaÍndice de Reajuste
Telemar Norte Leste S.A.-0,24%
Oi S.A.-0,24%
Sercomtel Telecomunicações-0,10%
Algar Telecom-1,69%
Telefônica Brasil S.A.0,76%
Claro S.A.2,21%