Dá para confiar na velocidade da internet contratada?

Dá para confiar na velocidade da internet contratada?

Com a maior demanda de internet devido à pandemia, muitos consumidores têm dúvidas sobre o plano contratado com a operadora; confira os resultados do teste da PROTESTE.

Apesar de as medidas de isolamento estarem passando por um período de abrandamento em vários municípios brasileiros, boa parte das pessoas ainda permanece em casa, trabalhando em home office, com aulas on-line e tendo os serviços de internet como uma das poucas opções de entretenimento. Em razão disso, muitos consumidores reclamam da velocidade da internet e têm dúvidas sobre os planos contratados.

Quer conferir a velocidade de seu serviço de internet agora mesmo? Consulte nosso Velocímetro

A PROTESTE avaliou os serviços das principais operadoras e constatou que, de fato, o desempenho da internet deixa a desejar. “A grande maioria das medições teve resultados abaixo de 40% entre o que foi medido e o que foi contratado”, disse o especialista Thiago Porto.

Segundo ele, com exceção da operadora TIM, nenhuma outra conseguiu que as medições boas e intermediárias superassem as ruins. “Lembrando que no caso da TIM, isso aconteceu em dois estados e, em ambos, foram feitas menos de 55 medições, não sendo resultados representativos”, observou. “Ou seja, vale ressaltar que os dados são pontuais, não sendo possível afirmar que as operadoras estão ou não entregando a velocidade contratada de forma representativa”, frisou. 

Medição da velocidade da internet precisa ser frequente

Thiago observa que, de fato, não há como garantir que os usuários seguiram todos os procedimentos corretos na hora da medição. “Era de se esperar que houvessem resultados bons e intermediários em maior número que os ruins, já que isso significaria apenas que as medições eram no mínimo 40% da velocidade contratada”, disse.

No entanto, segundo ele, fica claro que o consumidor precisa aumentar o número de medições, com o uso dos procedimentos indicados, para garantir que o serviço que recebido é o que está contratado (e pago). “São necessárias várias medições diárias ao longo do mês, para se tenha fortes evidências de que a operadora está entregando, em média, quantidade maior ou igual a 80% da velocidade contratada”, disse o especialista.

Descubra como melhorar o seu sinal

De acordo com Thiago, alguns procedimentos ajudam o consumidor a melhorar o sinal de internet, evitando os chamados “pontos cegos”, que interferem no serviço. Confira!

1. Escolha o local ideal para instalar o roteador ou modem

O especialista orienta que o consumidor instale o equipamento em uma área central da casa, de forma que a distribuição do sinal seja mais uniforme. Outro ponto importante é optar por um lugar alto, pois as ondas eletromagnéticas irradiam de frente para baixo. “Ou seja, com a instalação em um ponto mais elevado, existem menos obstáculos para o sinal se propagar”, explicou.

2. Use um repetidor de sinal

Em alguns casos, mesmo colocando o roteador no local mais indicado, o sinal persiste em ser irregular. “Nestas hipóteses, a melhor indicação é instalar um repetidor para amplificar o sinal. Verifique o local em que o sinal Wi-Fi está estável e com uma boa conexão e instale o repetidor. Geralmente, esse lugar a mais é sempre a metade do caminho entre o roteador e os aparelhos que usam a internet.”, ensina.

3. Mude o canal da conexão

A prestadora de serviço, quando realiza a instalação da banda larga em sua residência, muitas vezes não se preocupa em qual canal o fará, utilizando o mesmo em que se encontram vários dispositivos instalados, o que gera um congestionamento, que impede o funcionamento regular da conexão. Isto ocorre principalmente em condomínios ou em locais utilizados por muitas contas de acesso. “Hoje em dia, há alguns aplicativos que verificam o canal utilizado e indicam qual seria aquele melhor para ter menos tráfego”, indica Thiago.

4. Reinicie o roteador

O especialista da PROTESTE alerta que o costume de deixar o modem muito tempo ligado pode gerar erros de sinal e até travar a conexão. Para resolver este problema é necessário reiniciar o aparelho.

Sua internet está muito lenta? TESTE SUA VELOCIDADE arrow_right_alt


Sua casa | 22 de novembro de 2021
Sites falsos: como identificar e se proteger
Sua casa | 22 de novembro de 2021
Sites falsos: como identificar e se proteger
Mercado | 29 de outubro de 2021
TV por assinatura ou streaming: qual serviço escolher?
Mercado | 29 de outubro de 2021
TV por assinatura ou streaming: qual serviço escolher?
tecnologia | 30 de setembro de 2021
Golpe no WhatsApp: como se proteger
tecnologia | 30 de setembro de 2021
Golpe no WhatsApp: como se proteger
tecnologia | 27 de setembro de 2021
Internet security: qual serviço escolher?
tecnologia | 27 de setembro de 2021
Internet security: qual serviço escolher?